O “apagão” dos lojistas satélites