Negócio por ‘sobrevivência’ no País chega a 45% das empresas